A nova corrida tecnológica

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Já faz muito tempo, décadas na verdade, quando a humanidade se encontrou com uma disputa real e aberta entre gigantes procurando mostrar sua superioridade tecnológica.

Dizem que a história é escrita pelos vencedores, algo que por mais contrário ao sentimento de realidade absoluta, que tentam nos passar quando estamos estudando parece ser real.

Desde que o ser humano conseguiu pousar e retornar de uma viagem especial à Lua não se vê uma batalha para o desenvolvimento da tecnologia em tão larga escala.

Se você está se perguntando quem são os contestantes saiba que estamos falando de Google e Facebook. As duas empresas já tiveram contatos mais duros, mas agora decidiram entrar numa briga mundial para saber quem vai ser aquele que trará internet para o globo.

A Google mantém seu projeto Loon, leia mais aqui, e agora o CEO do Facebook Mark Zuckerberg entra no mesmo tipo de luta. Diferente do projeto da Google, o plano do Facebook é de abrir os sistemas de telecomunicação atuais de internet móvel para o globo e dessa forma formar uma rede que seja mais eficiente e abrangente o Telecom Infra Project.

A questão é extremamente interessante para todos os lados da história. Primeiramente para aqueles que entendem de telecomunicações é uma oportunidade e tanto. Para aqueles que desfrutam de internet móvel no sistema 4G fica a notícia de que essa iniciativa poderia acelerar os planos das empresas de telecomunicação mundiais de lançar a rede 5G na copa do mundo de 2018. Já para aqueles que ainda precisam ser apresentados à internet através de uma rede mais confiável e permanente, a tecnologia das redes atuais seria disseminada e adaptava de forma mais rápida.

Para o Facebook é um jogo de ganha-ganha. Enquanto as teles aumentam sua carteira de clientes, eles ganham mais usuários.

Quem será conhecido como aquele que trará a internet livre e mais acessível ao mundo? Google com seus balões inteligentes ou o Facebook com seus parceiros comerciais e colaboração da sociedade?

O Facebook com certeza sai com uma vantagem de sua disputa com a Google quando conseguiu inserir uma grande rede global para colaboração na melhoria dessa tecnologia. O poder do sentimento de colaboração em algo grande tem sido o motor de muitas startups e com seu imenso tamanho o Facebook sabe como usar a rede a seu favor.

De tudo isso uma coisa é certa, a tecnologia de telecomunicações tende a se desmistificar, deixando ainda mais difícil para empresas ineficientes esconder sua incapacidade.

Vamos aguardar e conferir como isso se desenrolará.

 

Um grande abraço.

20151022_132555Ronaldo Mendes Salles

Engenheiro Civil – Fundador do Engenheiro de pijama

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *