Lixo Mínimo – Avaliação

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

E aqui estamos mais uma vez para avaliar um novo livro, desta vez foi o livro “Lixo mínimo – uma proposta ecológica para hotelaria” de Silvia de Souza Costa.

O livro relata sobre a experiência aplicada em um hotel localizado em Visconde de Mauá, no estado do Rio de Janeiro, o hotel Bühler.

Primeiramente é interessante mostrar o motivo da empreitada do hotel em tentar lidar com seus resíduos de forma diferente. Como o município de Visconde de Mauá é localizado em um área distante, os sistemas de coleta de resíduos são muito esporádicos, fora que o material acaba sendo deixado na beira da estrada, o que gera má impressão aos visitantes e também facilita o acesso.

Como mostrado acime, o livro explica bem os motivos e deixa claro os passos dados, levando a uma evolução gradual do processo. A narrativa chega a ser quase de um romance. De certa forma há um romance, dada a paixão desenvolvida pela proprietária do hotel pelo processo de reaproveitamento dos resíduos.

Conforme a leitura avança você reparará que quando há um assunto mais técnico, explicações mais detalhadas e de fácil compreensão já aparecem de pronto. As explicações são tão simples que chegam a ser bobas se lidas por um técnico no assunto. Mas isso as tornam bem fáceis de compreender. Com isso o livro começa a tomar seu rumo real, a narrativa se desenvolve, mas as inserções de informação começam a tomar mais espaço e logo mais próximo do final do livro você perceberá que na verdade está lendo uma cartilha.

Sim, o livro na verdade usa a  a narrativa romanceada para esconder o fato que mais se parece com um TCC (trabalho de conclusão de curso), devida a quantidade de informação utilizada para descrever a idéia. Tudo bem que na verdade tudo isso tem um propósito, assim como a proprietária do hotel apresentou tamanha vontade em fazer com que o processo fosse adotado em mais lugares, o livro mostra que seu fim é realizar esse interesse.

Com base nas informações do livro já é possível para um hotel começar os planejamentos de reaproveitamento de seus resíduos.

Devo confessar de apesar de ter lido o livro pensando que encontraria um relato mais bibliográfico sobre a obsessão de uma pessoa pela reciclagem, encontrei muito mais do que isso. O livro entrega com eficiência os dois lados, chega a ser uma boa leitura para interessados genéricos com 85 páginas contendo as experiências adquiridas e mais 30 páginas complementares com informações técnicas de bom nível.

Curioso que o hotel Bühler acabou formando um padrão para os hotéis brasileiros, nada mais adequado para um trocadilho com o nome da proprietária a Sra. Norma Bühler.

Um grande abraço!

20151022_132555Ronaldo Mendes Salles

Engenheiro Civil – Fundador do Engenheiro de pijama

One thought to “Lixo Mínimo – Avaliação”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *