365 dias depois…

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Olha só que o tempo passa e nem sempre dá pra perceber.

Realmente, já faz um ano que o Engenheiro de Pijama existe.

Neste período muita coisa mudou e ainda está mudando, abri um canal no youtube, pra poder também diversificar as loucuras e fazer coisas diferentes do que é possível se fazer na mídia escrita.

Quero aproveitar este espaço pra agradecer a você, que vem aqui neste site, ler alguma notícia, novidade ou bobagem que eu escrevo.

Tenho gostado muito da experiência e para infelicidade de alguns e talvez felicidade de outros poucos, pretendo continuar.

Se você acompanhou as primeiras postagens do site, já percebeu que o tom mudou, que as postagens de palestras reduziram. Bem, não que eu quisesse fazer isso, mas estou morando em Londrina faz 6 meses já, e aqui ainda não encontrei uma comunidade ou entidade técnica apurada e ativa como eu tinha em São Paulo.

Mas não desanime, pois ainda ei de achar ou criar uma. Enquanto isso, espero que estejam se divertindo e se informando com os assuntos que venho trazendo a vocês.

Muita coisa que trago é de origem americana, de grandes universidades ou empresas inovadoras. As vezes me concentro muito em traduzir as informações. Mas faço isso por você meu leitor, pois imagino que seja muito mais agradável poder desfrutar de uma informação com uma breve análise que esteja em sua língua materna.

Gostaria de ressaltar algumas grandes matérias (pelo menos na minha opinião) que fiz aqui no site:

O efeito da seca do nordeste decorrente da incidência de luz solar e não exatamente de um mal planejamento ou desvio de recursos hídricos.

O efeito da troca dos sistemas de tubulação enterrados que temos hoje, por tubos de PEAD.

A primeira ponte a ser construída inteiramente por robôs autônomos.

Também gostaria de me desculpar imensamente com aqueles que gentilmente me receberam na Brazil Road Expo 2015, sim 2015! Pois foi quando gravei meus primeiros vídeos de entrevista. Estes vídeos no entanto, nunca foram ao ar no canal, isso por minha insegurança no conteúdo e indefinição do modo de apresentá-lo.

Hoje, ainda estou testando formatos, mas não tenho mais medo de apresentar algo que seja do desagrado de alguém ou da maioria.

Agradeço demais a paciência de você que faz parte dos um pouco mais de 100 leitores assíduos desse site. Peço que continue acreditando que vamos progredir.

Valeu mesmo e vamos continuar!

Um grande abraço!!!!

 

One thought to “365 dias depois…”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *